| 

Cidade

Conheça Fronteira

Uma cidade bem no Centro do Triangulo Mineiro (Região Sudeste), às margens do Rio Grande, Dr. Mauricio Goulart plantou uma semente forte e sadia, da qual brotou uma árvore vigorosa que é a jovem cidade de Fronteira. Fundada em 1943, por intelectuais do eixo Rio-São Paulo, dentre eles Mauricio Goulart, Eduardo Giraudon e Joel Silveira, a cidade sempre foi pioneira em quase tudo, nesta vasta região. Já em 1945 inaugurava um Centro Telefônico da Companhia Telefônica Brasileira. A primeira ligação feita na cidade foi despida de qualquer modéstia, Mauricio Goulart falou com o seu amigo Paulo Bitencourt, proprietário do Jornal “Correio da Macha” (Rio de Janeiro) que se encontrava em Paris. Naquela época Fronteira tinha apenas algumas ruas, cerca de 50 casas e inaugurava sua linha telefônica falando com Paris.

\"\"


No ano de 1946 um pequeno grupo de homens e mulheres se reunia em torno daquele majestoso monumento representando um homem fincando uma estaca, se preparava para a solenidade de inauguração daquele que hoje é um dos principais pontos turísticos da cidade de Fronteira: o “Bernardão”. Criado e esculpido pelo artista Julio Guerra, que viera de São Paulo para construir esta obra de arte em apenas 45 dias, naquela selva longínqua, à margem do Rio Grande. Julio Guerra discípulo de Brecheret escultor de nome em São Paulo, participou do grupo que erigiu o Monumento das Bandeiras (Borba Gato), localizado à Avenida Santo Amaro, na cidade de São Paulo. No dia 21 de janeiro de 2001, Julio Guerra faleceu, aos 89 anos. Fronteira foi também uma das primeiras cidades a contar com emissora de rádio; a Rádio Clube, ainda hoje no ar.

Na divisa com o estado de São Paulo, Fronteira ocupa uma área de 18 mil Hectares. Está situada numa altitude de 458 metros. A cidade tem uma população de 16 399 habitantes e Emancipou-se a 30 de dezembro de 1962, pela Lei Nº 2.764. Dispõe de uma ótima infra-estrutura urbana e sua base econômica é formada pela agropecuária, comércio, turismo e indústria de transformação. Produz abacaxi, laranja e cana-de-açúcar. Destaca-se também, a importância da Usina de Marimbondo para Fronteira. Construída em 1970 por Furnas Centrais Elétricas S/A entre os Estados de Minas Gerais e São Paulo, é a segunda maior das oito hidrelétricas instaladas ao longo do Rio Grande e se encontra localizada administrativamente no município de Fronteira. Desde a sua implantação, esta Usina teve características de pioneirismo, pois foi onde se construí a 1º Sustação de 500.000 V da América Latina, bem como a 1º Linha de Transmissão, também em 500.000 V.

\"\"


A Destilaria Fronteira, também foi de grande importância para o desenvolvimento da cidade. A Usina Fronteia S/A, instalada por Dr. Mauricio Goulart, no dia 23 de agosto de 1945, industrializou seu 1º saco de açúcar. A empresa passou por grandes modificações no decorrer dos anos, entre essa a da sucessão de vários grupos empresariais, e chegou a produzir álcool anídrico, porém hoje a Usina está desativada.

Ao longo de sua história, principalmente, enquanto Mauricio Goulart estava ligado intimamente com a cidade, Fronteira foi palco de visitas ilustres. Uma delas, talvez a mais importante, deu-se no dia 29 de julho de 1960 a do Presidente Juscelino Kubistchek de Oliveira, que esteve na cidade para inaugurar o seu sistema de abastecimento de água, construído especialmente pelo Serviço Especial de Saúde Pública – de Belo Horizonte.

Em companhia de Juscelino Kubistchek, veio o Vice-presidente João Goulart, a Deputada Ivete Vargas e um imenso grupo de jornalistas. No campo do Turismo, Fronteira é privilegiada possuindo locais pitorescos como: Enseada Azul I, Enseada Azul II, Portal do Lago, Parque Lago e Sol, Jardim Veraneio, Marina Náutica Tamburi, Condomínio Rio Grande, Parque Meu Chão, Samburá, Parque Florianópolis, Barra do Manjolo, Náutico Clube Fronteira, Náutico Fronteira, Complexo Santa Mônica e outros pontos localizados às margens da represa de Marimbondo e do próprio Rio Grande.

Outro fator importante que valoriza a cidade de Fronteira é o Aeroporto de Furnas Centrais Elétricas S/A, que hoje é municipal: Categoria C, com pista de 1.722 metros de comprimento, 30 metros de largura, com marcação de balizamento diurno e noturno, sala de tráfego, rádio farol, munido com estação de rádio aeronáutica, podendo receber aviões de médio porte, inclusive jatos, porém o Aeroporto está desativado.

Fronteira também é destaque na “Arte”, e faz historia com um projeto de tecelagem, criado em 2005 com o intuito de tirar as mulheres do corte de cana para desenvolver seu próprio trabalho no tear manual. Hoje já organizadas em uma associação, essas artesãs expõem e comercializam seus produtos na Casa do Artesanato, Feira Livre local e outras Feiras Regionais e Nacional. As artesãs acreditaram no valor deste projeto, e estão superando obstáculos e principalmente conseguindo uma vida melhor, através do trabalho de cada uma com lindas peças, caminho de mesa, tapetes, jogos de lavabos, jogos americanos entre outros, que levou o nome de Fronteira para diversos cantos de nosso País.


Prefeitura Municipal de Fronteira - Secretaria de Turismo

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br