| 

Governo

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Programa visa atrair novos investimentos e acabará com o mercado imobiliário no Distrito Industrial

Vista aérea do Distrito Industrial de Fronteira

O prefeito – Marcelo Passuelo (PMDB) determinou ao secretário de Comércio e Indústria, a reorganização de toda infraestrutura do Distrito Industrial (DI), e a reintegração de posse de todos os lotes ociosos.  

Da assessoria

Implantado em 2001, o Distrito Industrial de Fronteira, ao longo de duas décadas e meia, que deveria está gerando empregos e renda, foi transformando em um mercado imobiliário ilegal, onde falsos investidores, negociaram os lotes que receberam sem custo. Além disso, no local, há ainda a construção de moradias, o que é ilegal e inviabiliza o desenvolvimento econômico do município.

Diante deste cenário desanimador, visando o desenvolvimento econômico do município, o prefeito – Marcelo Passuelo (PMDB) iniciou uma ampla auditoria no local e impôs um rigoroso processo de reorganização do Distrito Industrial de Fronteira, visando acabar com o comércio ilegal de lotes e colocar em prática seu programa de geração de empregos e renda para cidade.

“O nosso propósito é de reorganizar a área, para que, quando empresas pensarem em se instalar no município, tenhamos um espaço apresentável e capaz de convencer os empresários, a investir em nossa cidade”, disse Passuelo, frisando que o recadastramento dos lotes, visa acabar com o mercado imobiliário instalado no local deste sua implantação.

Lotes ociosos

Segundo o prefeito, todos os todos os lotes ociosos, voltarão para o município. “Vamos retomar a posse de todos os terrenos vagos. Além disso, iremos buscar recursos junto ao Estado, para revitalizar e melhorar a infraestrutura urbana de nosso Distrito Industrial”, assegurou, lembrando que o projeto de modernização do distrito propõe melhorias significativas na entrada do local, implantação de iluminação, remarcação dos lotes e remodelação dos acessos a BR-153.

“Nossa equipe já está trabalhando em projetos que são necessários para a obtenção de recursos, para que possamos investir para dar um novo aspecto visual ao nosso Distrito Industrial. Com isso, projetaremos o desenvolvimento econômico de Fronteira, que ocorrerá a médio e longo prazo”, confiante, afirmou o prefeito, ressaltando ainda que a questão de geração de energia elétrica que atenda a demanda do local, também será reavaliada, com a possibilidade de ampliação do fornecimento, extensão da rede e aumento da capacidade. “Precisamos trazer mais empresas e dar oportunidade àqueles que querem investir, e com isso, o nosso maior problema hoje, que é o desemprego, através de novos investimentos empresariais, vamos amenizar a carência social em nosso município. E estamos trabalhando para reverter essa situação, que é muito preocupante”, destacou o prefeito.

Choque de gestão

O secretário de Indústria e Comércio – Nildomar Lazaro da Silva, popular Cilinho, conta que, o prefeito solicitou a ele, que desse um choque de gestão no Distrito Industrial. Ele revelou que, na primeira semana em que assumiu a pasta, foi procurado por negociadores de imóveis.

"Nós acabamos com isso de imediato. Não tenho nada contra o mercado imobiliário, mas essa área é para empreendedores”, disse, assegurando que corretores de imóveis o procuraram, visando obter informações sobre áreas do distrito, que estão ociosas. “Esse fato, já era de nosso conhecimento, e o prefeito determinou que acabássemos com o balcão de negócios, envolvendo áreas destinadas para o desenvolvimento econômico", afirmou o secretário, ressaltando que neste momento está em andamento o recadastramento e mapeamento dos lotes. "Todas as áreas que estão ociosas, desde a implantação do Distrito Industrial, por determinação do prefeito Marcelo Passuelo, serão retomadas a posse”, assegurou, dizendo que após o recadastramento, serão publicadas no Diário Oficial do município, as áreas disponíveis para doação. “A partir de agora, existem regras e critérios para doações de lotes neste espaço, ou seja, somente serão beneficiadas, pessoas que são de fato, empreendedores”, concluiu Cilinho.

Veja Também

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br