| 

Saúde

EM FRONTEIRA, programa ajuda fumantes a abandonar o vício

0

O programa visa conscientizar o viciado, através de uma equipe multidisciplinar, de que a nicotina é uma droga. Além disso, o fumante que participa das sessões recebe gratuitamente, medicamentos que ajudam a superar o vício.

Da assessoria

De acordo com estatística do Ministério da Saúde, a cada hora, cerca de 25 pessoas morrem por doenças vinculadas ao tabagismo. Conforme o órgão, 22% dos homens e 16% das mulheres fumam, no Brasil, diariamente.

Em Fronteira (MG), o programa de combate ao fumo, vem sendo reestruturado. Segundo a secretária de Saúde – Márcia Toledo, na quinta-feira, 3 de agosto, dos 22 participantes do programa, 11 deixaram de fumar.

“Nós iniciamos com uma nova turma nos dias 13 e 14 de Julho no Centro de Convivência do Idoso e no PACS – Lagoa Seca. O Grupo de Tabaco iniciou aqui em Fronteira com 16 participantes das ESFs e 8 participantes no PACS – Lagoa Seca. De 22 participantes, 7 das ESFs e 4 participantes do PACS, pararam de fumar, ou seja, o programa conseguiu fazer com que 50% dos participantes, deixassem o vício”, explicou a secretária.

Tratamento

Conforme a secretária, o tratamento é em grupo, e consiste de quatro sessões, realizadas uma vez por semana, por um período de trinta dias. O grupo tem acompanhamento com as psicólogas a cada quinze dias. “Como sequência no tratamento, para aqueles que precisam do apoio psicológico”, assegurou Márcia Toledo.

“Os participantes recebem todas as informações e estratégias necessárias para direcionar seus próprios esforços nesse sentido, ou seja, para parar de fumar”, assegurou, salientando que o programa visa conscientizar o viciado, de que a nicotina é uma droga e faz com que as pessoas se viciem, mesmo sabendo dos sérios riscos à saúde. “Isso explica por que grande parte dos fumantes deseja parar de fumar, mas não consegue”, destacou a secretária de Saúde, lembrando ainda que os participantes, recebem ainda medicação para auxiliar no tratamento.

O programa conta com a participação de médicos, psicólogos, nutricionistas e farmacêuticos. “Os participantes são acompanhados semanalmente pelo médico, que após o término das sessões, continuam sendo monitorados”, concluiu a secretária.

Prefeito

Segundo o prefeito de Fronteira, sua equipe tem alcançado resultados eficientes, no combate ao vício. “Sabemos o quanto é difícil largar o vício de fumar, por se tratar de uma dependência química. E esse programa, sem dúvida, ajuda essas pessoas, por meio de uma equipe de profissionais bem estruturada, a deixar de fumar. Todos sabem que o cigarro é causador de milhares de mortes no país”, destacou o prefeito Marcelo Passuelo (PMDB), parabenizando as pessoas que conseguiram deixar o vício e toda equipe da saúde, durante o encerramento de mais uma etapa do programa.

SESSÕES E SEUS OBJETIVOS

► 1ª sessão – Entender por que se fuma e como isso afeta a saúde;

► 2ª sessão – Os primeiros dias sem fumar;

► 3ª sessão – Como vencer os obstáculos para permanecer sem fumar;

► 4ª sessão – Benefícios obtidos após parar de fumar.

 

Veja Também

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br