| 

Governo

NOVO PADRE LEVA MENSAGEM de solidariedade durante reunião do governo fronteirense com secretários

O pároco Darío Palácio disse aos secretários, que os bons resultados, em qualquer área, dependem da vontade de cada um, e ressaltou a importância de se trabalhar em equipe, além de parabenizar o prefeito, pela sua postura, neste início de governo.

Da assessoria

Muito carismático e já atento aos fatos que cercam o cotidiano fronteirense, desde o dia 11 de março deste ano, em Fronteira (MG), o novo padre do município - Darío Palácio (47 anos), colombiano da cidade de Medelin (capital da Colômbia), no final do mês passado, a convite do prefeito – Marcelo Passuelo (PMDB), participou da terceira reunião do governo com os secretários da administração.

Há 17 anos no Brasil, o padre Darío Palácio, que foi alvo de um panfleto maldoso que circulou na cidade, recentemente, disse aos secretários, que os bons resultados, em qualquer área, dependem da vontade de cada um, e ressaltou a importância de se trabalhar em equipe.

“A situação que vivemos hoje, não é fácil. Por mais que você se desgaste e trabalhe, não irá satisfazer todo mundo. E pessoas que gastam tinta e papel, para pregar maldade, precisam de ajuda e muita oração. E Jesus Cristo também não satisfez a todos”, lembrou o padre.

Muito centrado, o novo padre fronteirense, fala dos desafios que são impostos as pessoas cotidianamente e como atingir os objetivos no trabalho. “O começo de uma prefeitura, é o mesmo que o começo de uma família. E vocês trabalham aqui, de 6 a 8 horas por dia, e muitas vezes até mais, e se nesta jornada, não houver um clima de trabalho em família, com amor, de nada adiantará trabalhar pelo povo, pela comunidade, porque primeiro: temos que trabalhar por amor; e segundo, por vocação”, destacou o pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Fronteira, frisando que uma pessoa pode ter muitos títulos, “mas se ela não for humana, de nada adiantará”, acrescentou.

Na sequência, o padre parabenizou a postura do prefeito – Marcelo Passuelo, e assegurou que veio para o município independente de doutrina religiosa ou discussão política, para contribuir com o desenvolvimento da comunidade. “Eu vim para somar! Não tenho partido, não tenho cor e não tenho numeração; estou aqui por Fronteira. O que temos que fazer é trabalhar para o bem estar de nossa comunidade”, categórico, disse o padre, frisando que seja a prefeitura ou paróquia, “essa tem que ser nossa postura, porque não podemos perder tempo com quem prega maldades ou bobagens, temos que viver felizes”, concluiu o padre Darío Palácio, dizendo novamente, porém, em oração que, quando uma equipe de trabalho é unidade, ungida pelo amor em Jesus Cristo, nada consegue destruir. 

 

Veja Também

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br