| 

Governo

PREFEITO DE FRONTEIRA dá prazo para Copasa acabar com os problemas da rede de esgoto no Jd. Ângelo Passuelo

0

Marcelo Passuelo (PMDB) durante encontro com o gerente regional da Copasa, deu prazo de no máximo 20 dias, para que a empresa resolva o problema da rede de esgoto na antiga Rua 58.

Da assessoria

Na manhã desta quarta-feira, 12 de abril, o prefeito – Marcelo Passuelo (PMDB), durante reunião com o gerente regional da Copasa – Francisco Fraietta e o gerente local da empresa – Guilherme Oliveira, deu prazo de 20 dias para a estatal resolver o problema da rede de esgoto da Rua Veríssimo (antiga Rua 58) no Jardim Ângelo Passuelo.

A empresa queria 4 meses para solucionar o problema do esgoto que vaza pelo sistema de manutenção, e escorre pela rua a céu aberto, causando transtorno e mau cheiro,  porém, o prefeito fronteirense, determinou que a situação seja resolvida, em 20 dias.

“Esse problema já ocorre há muito tempo e não podemos mais aceitar, essa situação”, afirmou o prefeito, para o gerente regional da Copasa, lembrando que a população já paga um valor alto para estatal. “Todos os dias, nos cobram, e a responsabilidade é da Copasa, que tem um contrato de concessão com o município, e por essa razão, deve cumprir o que está neste contrato”, categórico, Marcelo Passuelo, disse que vai iniciar obras de pavimentação na Rua Veríssimo e necessita que o problema da rede de esgoto seja sanado antes do início das obras. Ele ainda cobrou a construção da Estação de Tratamento de Esgoto do município, que segundo o gerente da empresa, a ETE de Fronteira, deverá estar em operação, até o final de 2018.

Vereadores

Além dos secretários do governo Nabil Yaghi (Meio-Ambiente e Turismo) e Wanderley Machado (Obras), o assessor especial – André Luiz da Cunha e o assessor jurídico – Raider Faitarone, quatro vereadores participaram da reunião: Leandro Pineis (PP), Silvano Motos (PMDB), Dunga (PR) e Estenio Basalia (PP).

O vereador Estenio, na ocasião, voltou a cobrar da estatal, prestação de serviços de qualidade, lembrando que o mesmo assunto já foi discutido anteriormente e a empresa não cumpriu com o prazo. O parlamentar perguntou ao gerente regional, quanto tempo a mais será preciso para a Copasa cumprir e solucionar a demanda do município, no que tange a manutenção das redes de esgotos do município, que tem causado transtornos para a população.

Copasa

O gerente regional – Francisco Fraietta se comprometeu com o prefeito e os vereadores, que solucionará os problemas da rede de esgoto da antiga Rua 58, assegurando que a estatal iniciará as obras dentro do prazo exigido pelo governo fronteirense. O gerente ainda, se responsabilizou em enviar um relatório para diretoria da empresa em BH, relatando a situação.

Veja Também

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br