| 

Transporte e Serviços Urbanos

PREFEITO DEIXA DE FAZER Carnaval para investir em ações emergenciais da cidade

0

Para Marcelo Passuelo, primeiro é preciso estruturar o município, priorizando os setores que são emergenciais, além de criar uma urbanização, para que de fato Fronteira possa realizar um grande evento.

Da assessoria

O prefeito de Fronteira – Marcelo Passuelo (PMDB), preocupado com a situação em que herdou a cidade, decidiu não usar o dinheiro dos cofres públicos para promover o Carnaval de 2017 e em investir em setores que apresentam graves problemas, a exemplo, da limpeza pública e revitalização urbana.

Nesta manhã de sábado, 25 de fevereiro, o governo fronteirense, iniciou a segunda etapa da revitalização do canteiro central da Avenida Minas Gerais, com o plantio de grama Esmeralda e Palmeiras Triângulo. Nesta ação, foram plantadas 52 palmeiras, das 200 previstas.

“Acreditamos que seria de uma tamanha irresponsabilidade da atual gestão a realização do Carnaval 2017, diante do cenário em que herdamos a gestão municipal”, afirmou o prefeito, frisando que é dever de uma gestão comprometida, em aplicar cada centavo público com responsabilidade. “Primeiro temos que nos estruturar, priorizando os setores que são emergenciais, além de criar uma urbanização, para que de fato possamos realizar um grande evento para nossa população e para todos os visitantes”, concluiu Marcelo Passuelo.

 

Veja Também

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br