| 

Governo

PREFEITOS DA REGIÃO indicam Marcelo Passuelo para assumir a presidência da AMVARIG

O prefeito – Marcelo Passuelo (PMDB), durante o encontro, mostrou liderança ao colocar novamente a importância do fortalecimento da política regional, com foco na implantação de projetos que visam à criação de núcleos regionais de saúde de média e alta complexidade na região.

Da assessoria

Num encontro, realizado na tarde de terça-feira, 11 de abril, que contou com a presença do ex-deputado estadual – Zé Maia (PSDB) e do ex-deputado federal e ex-ministro do Trabalho, Anderson Adauto, os prefeitos do Baixo Vale Mineiro: Anderson Bernardes de Oliveira (PMDB) de Iturama, Pedro Socorro do Nascimento (PR) de Limeira do Oeste, João Freitas Leal (PR) de União de Minas, Benice Nery Maia (PSDB) de Itapagipe, Maria Cecília Marchi Borges (PR) de Frutal, Jerônimo Santana Neto (PMDB) de Comendador Gomes, Paulo Roberto Barbosa (PHS) de Planura e José Sebastião de Oliveira (PRB) de São Francisco de Sales, após definirem o fortalecimento da Associação dos Municípios do Vale do Rio Grande (AMVARIG), por unanimidade, indicaram o prefeito de Fronteira, Marcelo Passuelo (PMDB), para ser o novo presidente da entidade.

Durante o encontro, alguns prefeitos da região, que atualmente, compõe a AMVALE (Associação da Microrregião do Vale do Rio Grande), estavam descartando a possibilidade de fortalecer a AMVARIG, com o apoio de seus municípios. O discurso do prefeito, Marcelo Passuelo (PMDB) e do ex-deputado Zé Maia (PSDB), foram decisivos para que os prefeitos da região entendessem a importância do fortalecimento da associação dos municípios do Baixo Vale Mineiro, a AMVARIG.

Dentre os principais problemas da região, saúde pública foi o tema mais abordado. Os prefeitos chegaram à conclusão, que é preciso fortalecer o setor na região, transformando em núcleos regionais de saúde de média e alta complexidade, Iturama e Frutal.

Para o prefeito – Marcelo Passuelo, o fortalecimento da política regional, possibilitará o avanço em diversos setores, principalmente na questão da saúde. Ele disse que não é mais viável, a região ter como referência em saúde de média e alta complexidade, o município de Uberaba, em virtude da distância.

“Veja o caso de Fronteira, estamos a 60 quilômetros de São José do Rio Preto (SP), e para nós não é viável, por exemplo, investir recurso do nosso município, no Hospital Regional de Uberaba, em virtude desta distância”, destacou o prefeito, dizendo que todas as cidades da região, vivem esse mesmo drama. “Nossa região é rica e promissora, e temos condições, através da AMVARIG e de nossas bases políticas nos governos do Estado e da União, unindo esforços, para mudarmos a nossa realidade, fomentando um projeto que vislumbre a implantação de um ou dois núcleos de saúde regional, capaz de atender a todas as nossas demandas”, assegurou Marcelo Passuelo, que poderá no próximo encontro dos prefeitos da região, ser aclamado novo presidente da AMVARIG.

Outras lideranças

Além das lideranças da região, participaram do encontro: o ex-prefeito de Itapagipe – Jerônimo Donizete da Silva, o secretário de Saúde de Uberaba – Iraci José de Souza, que participou da reunião, visando buscar recursos da região para o Hospital Regional de Uberaba, e o secretário Executivo da Amvale – Vicente Araújo.

 

Veja Também

Redes Sociais

Entre em contato


Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Fronteira-MG www.fronteira.mg.gov.br